10 ideias de negócio para abrir uma MEI

Foto: Pixabay

Diante de inúmeras possibilidades de negócios, quem já sabe em qual segmento quer atuar já tem meio caminho andado para fazer um plano de negócios completo.

Mas e quem ainda não sabe com se tornar um empreendedor de sucesso? Para isso, temos dicas especiais de oportunidades de negócios fáceis para o MEI (Microempreendedor Individual).

Confira abaixo:

1. Comércio de roupas e peças íntimas

Para quem quer se tornar um microempreendedor de sucesso, o comércio de roupas e de peças íntimas tem sempre público garantido, principalmente se você escolher um ponto comercial favorável, como os centros comerciais ou feiras próprias para essa modalidade, dessa forma você contará com a predisposição dos consumidores em potencial em comprar o seu produto, uma vez que eles estão lá justamente para isso.

Vender roupas ou peças íntimas também tem a vantagem de apresentar um custo inicial relativamente baixo, sendo necessário apenas a compra de um estoque variado e mostruários para expor as suas peças.

2. Vender produtos por catálogo

Muitas pessoas têm se tornado vendedora de alguma marca por catálogo, seja para conquistar uma renda extra ou ainda como único rendimento.

Várias empresas e marcas oferecem esse recurso, o que dá uma boa variedade no mix de produtos comercializados – cosméticos, perfumes, utensílios, acessórios, joias e bijuterias e proporcionam uma excelente oportunidade de negócio para quem quer empreender individualmente.

Para adotar essa atividade, o primeiro passo é escolher a marca e conferir como é o processo de vinculação, na maioria das marcas, o primeiro contato é através do preenchimento de um cadastro na internet.

Lembre-se de ler atentamente os termos e condições de cada uma das empresas! Com o material em mãos, sua principal tarefa será encontrar clientes e realizar as vendas.

3. Fornecedor de marmitas e refeições prontas

Esse negócio faz sucesso entre as pessoas que não costumam cozinhar em casa e precisam comer no trabalho.

Para isso, você precisa de pessoal para cozinhar e entregar e também de instalações adequadas para seus equipamentos de cozinha.

É um negócio de investimento baixo, mas com diversos critérios a levar em conta, sendo que o principal deles é a higiene e conservação dos alimentos.

Além disso, é fundamental conseguir entregadores para distribuir os alimentos de maneira rápida.

Para iniciar, os microempreendedores individuais, devem saber que: equipamentos de cozinha, um telefone e um serviço de entrega rápida, além dos ingredientes para produzir a comida, são alguns dos principais itens necessários.

4. Cuidar de animais de estimação

Para quem gosta de animais está aqui uma boa opção de negócio para microempreendedores individuais.

Dedique um tempo pesquisando e entendendo mais sobre como cuidar de animais de estimação.

Entre os serviços possíveis estão: levar cachorros para passear, dar banho e cuidar de pets em períodos de ausência do dono.

Aqui a dica é prestar bastante atenção para garantir sempre o bem-estar do bichinho.

5. Costurar

Realizar pequenos reparos em peças prontas ou costurar roupas sob encomenda pode ser uma maneira atrativa de empreender.

Para isso, é preciso investir no maquinário necessário, além de materiais como linhas, agulhas, botões e outros aviamentos.

Cursos de corte e costura também são boas apostas para refinar suas técnicas e profissionalizar o serviço.

6. Marido de aluguel para pequenos reparos

Prestar serviços de reparos básicos na casa do cliente também é um show em comodidade e é um nicho já bastante explorado, porém com carência de ótimos profissionais.

Portanto, que tal entrar neste mercado, prestar um excelente atendimento para fidelizar os seus clientes e se tornar um microempreendedor individual de sucesso?

Os reparos podem ser feitos por você mesmo, caso tenha conhecimento do assunto, ou por algum funcionário contratado por você para executá-los.

7. Fotografar profissionalmente

Para aquele que tem o “olho bom” para fotografia e tem disponibilidade para se aperfeiçoar na área, pode começar a empreender individualmente fotografando ensaios e eventos.

Importante destacar que os equipamentos fotográficos profissionais não saem barato e será preciso investir em câmeras, lentes, tripés e iluminação.

8. Montar uma loja virtual

As vendas pela internet estão em crescimento constante e você pode aproveitar essa tendência empreendendo com uma loja virtual.

Primeiramente, é necessário que o microempreendedor individual saiba o que vai vender, logo depois é preciso estar atento a questões de logística: como atender os pedidos dos clientes, embalagens para envio, visitas aos Correios, disponibilidade de produtos em estoque.

Além de investir nessa parte, é fundamental investir em um bom site, com navegação intuitiva e boas imagens dos produtos.

9. Blogs e YouTube

Blogs e canais no YouTube estão conquistando cada vez mais espaço no mercado, chamando a atenção de marcas e empresas e é possível ter um bom rendimento com eles.

Pessoas comunicativas, criativas e que se interessam ou sabem bastante sobre um assunto têm o perfil adequado para esse tipo de empreendimento.

Porém, a variedade de canais e blogs é enorme! Para conseguir ganhar espaço e ter sucesso nesse ramo é preciso diferenciar-se do que já existe, seja no formato, no assunto ou no conteúdo.

O dinheiro entra geralmente através de anúncios e, com a maior visibilidade, parcerias.

10. Fazer maquiagens e penteados

Oferecer serviços como maquiadora e cabeleireira, sem montar um salão propriamente dito, também é uma maneira de empreender e com isso atrair um bom público.

O investimento, nesse caso, deve ser feito em cursos para profissionalização e nos produtos a serem utilizados nas clientes.

Busque por vários cursos diferentes e também montar uma boa maleta de maquiagens, dessa forma você atender diferentes perfis de pessoas.

Fonte: feirashop

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *